Na semana passada, o mercado imobiliário sergipano recebeu 60 novos corretores de imóveis. A solenidade aconteceu na sede do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE). Na ocasião, o presidente Sérgio Sobral, deu boas vindas aos novos colegas de profissão e destacou o trabalho realizado pela entidade.

“As principais funções do Creci são a inscrição profissional e a fiscalização. O corretor que atuar de forma errada, será punido. Inclusive, já cassamos conselheiro, diretor e até presidente, pois sabemos que precisamos dar exemplo”, ressaltou.

Sérgio Sobral citou ainda ações de promoção da categoria que foram colocadas em prática nos últimos anos. “Somos o único Estado, por exemplo, em que corretor de imóveis assina a escritura do imóvel com o comprador e o vendedor. É uma Lei estadual (Lei Nº 5.476/2004) e os cartórios são orientados a cumpri-la. Garantindo ao profissional seus honorários e impedindo que os contraventores atuem no mercado. Além disso, temos o Clube do Corretor, que firma convênio com universidades, escolas de inglês, restaurantes e planos de saúde, e oferece descontos para nossos profissionais”, conta.

O superintendente do Creci-SE, Geraldo Maia, passou dicas de como atuar no mercado de forma ética, para não ter problemas com o Conselho e/ou com a sociedade em geral. “Habilitação legal (que vocês já conquistaram), regularidade no Conselho, uso do nome profissional e do número de inscrição no Creci, autorização inscrita de venda e locação do imóvel, cumprimento da tabela de honorários, acompanhamento dos estagiários e de corretores que trabalhem com vocês e, o mais importante, não permitir a atuação de contraventores”, pontuou.

Stwart Augusto, coordenador de Fiscalização do Conselho, ressaltou o trabalho exercido pelo órgão. “Estamos de portas abertas para tirar qualquer dúvida e temos autuado de maneira incisiva na fiscalização, garantindo que vocês, os verdadeiros profissionais, tenham seu espaço respeitado”, disse.

Ao falar sobre as mudanças no setor imobiliário, o presidente afirmou que o bom profissional sempre terá espaço no mercado. “Tem se falado muito em crise, mas acredito que o mercado de imóveis, assim como qualquer outro segmento, passa por ciclos. Não há tempo difícil para corretor que sabe fazer a diferença, que fideliza o seu cliente. Crise é empecilho para gente pessimista. Somos vendedores, quanto mais trabalhamos, mais crescemos”, finalizou o presidente Sérgio Sobral.

NOTA

A próxima plenária do Creci-SE será realizada no dia 12 de fevereiro. Em virtude das análises das comissões, os pedidos inerentes a aprovação da plenária deverão ser feitos, impreterivelmente, até 02/02/2015.