O presidente do Creci-SE concedeu entrevista ao “Mora, Sergipe”. 

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (CRECI-SE), Sérgio Sobral, concedeu entrevista ao programa Mora, Sergipe neste último domingo (05), da TV Atalaia. Na pauta, esclarecimentos sobre o mais recente convênio firmado entre o Sistema Cofeci-Creci e a Caixa Econômica Federal. Após diversas reuniões, as instituições chegaram a um acordo em benefício dos corretores de imóveis e, consequentemente, do mercado imobiliário. A iniciativa deve abrir mercado para os profissionais, que poderão se inscrever, em seus respectivos Regionais, para comercializar os imóveis adjudicados (retomados) da instituição bancária.

“Desde agosto tivemos várias reuniões com a diretoria da CAIXA para chegarmos a esse resultado. Ao longo do ano de 2017, é provável que tenhamos algo em torno de 40 mil imóveis disponíveis para venda. É muito para toda a categoria. Essa medida já foi aplicada há cerca de uns 15 anos e foi um sucesso. Foi um dos fatores que contribuíram para o aquecimento do mercado. Acredito que a parte operacional estará funcionando até o começo de abril. Até lá será feito cadastramento dos corretores e serão disponibilizados cursos para orientá-los. São imóveis, em geral, mais baratos, o que é muito bom para os clientes”, explica Sobral, acrescentando que haverá a devida divulgação assim que todos os trâmites legais forem feitos.

Novidades

O presidente do Creci-SE, que é também diretor secretário do COFECI, contou que esteve recentemente em Portugal participando da posse dos Órgãos Sociais da APEMIP e de reunião com a Confederação da Construção e do Imobiliário de Língua Oficial Portuguesa (CIMLOP). “Solicitamos à Cimlop que, junto ao Sistema Cofeci-Creci, seja implementado um portal imobiliário interligando o Brasil, a Europa e os EUA. O objetivo é trazer investidores para o nosso país, em especial para o Nordeste. Acredito que ainda neste semestre esse portal estará funcionando. Melhor ainda, o projeto piloto será aqui em Sergipe para, em seguida, expandir para os outros estados. É uma iniciativa que está fazendo alavancar o mercado e a economia em Portugal, junto a um trabalho de salões imobiliários, assim como o que o Sistema Cofeci-Creci faz”, destacou Sobral.

Outra boa notícia é referente à Câmara de Mediação e Arbitragem que será implantada pelo Creci-SE. “Está prevista para este semestre ainda. Será muito bom para os corretores de imóveis – no que se refere aos seus honorários –, bem como para as imobiliárias, construtoras, clientes… Sem dúvidas irá agilizar os processos, propiciando acordos favoráveis às partes envolvidas. E na arbitragem, como sabemos, os custos são menores”, frisou o presidente. Sobral alertou também para a importância do curso de Perito Judicial que está em andamento, fruto de uma parceria com o Creci São Paulo. “Muitos juízes enviam ofício solicitando que o Conselho designe peritos avaliadores. Sempre enviamos a relação de todos os avaliadores devidamente inscritos no CNAI. O corretor que faz esse curso de perito judicial tem um leque maior de conhecimentos”, pontuou.

Capacitações

O ano de 2016 foi marcado por uma frequência de cursos e palestras promovidos pelo Creci-SE. E como a educação é uma bandeira levantada pelo Conselho, Sérgio Sobral garantiu que neste ano não será diferente. “Já temos confirmados os cursos de Direito Imobiliário, Documentação Cartorária, Avaliação de Imóveis, Marketing Pessoal, Vendas, entre outros. Todos os meses o Creci irá ofertar no mínimo um curso ou palestra. Todas essa capacitações, aliadas às campanhas de valorização nas quais investimos, têm o intuito de fortalecer o mercado”, afirmou.

O presidente encerrou a entrevista contando mais uma novidade, resultado dos trabalhos desenvolvidos pelo Sistema Cofeci-Creci e por vários órgãos do segmento (SECOVI, ACEBIP, entre outros). “No ano passado, nos reunimos diversas vezes com o ministro Gilberto Kassab e com a diretoria da caixa. Levamos ideias que criam um ambiente que fortalece o mercado e alavanca a economia. Na última semana, durante reunião em Brasília, soubemos que o Governo Federal emplacaria novas medidas em prol do mercado imobiliário”, avisou. Conforme esperado, nesta segunda-feira (06) o governo anunciou novas regras para ampliar o financiamento da casa própria através do programa Minha Casa, Minha Vida.