O Conselho Regional dos Corretores de Imóveis se Sergipe (CRECI-SE) sempre foi referência quando o assunto é fiscalização do exercício da profissão de Corretor de Imóveis. O combate ao exercício ilegal da profissão em Sergipe sempre foi trabalhado de maneira consistente e com resultados muito significativos. Com o intuito de reforçar essas atividades e, atendendo convite do presidente Sérgio Sobral, o Grupo Especial de Agentes de Fiscalização (GEAF) do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (COFECI) veio a Sergipe, na última semana, contando com representantes da Bahia e Alagoas.

O grupo tem por objetivo desenvolver operações especiais de fiscalização em qualquer uma das Regionais, bem como auxiliar no treinamento dos agentes fiscais. Joel Alisson, diretor de fiscalização do CRECI-SE, explica que “o trabalho do GEAF é o mesmo que os fiscais locais já realizam, sendo realizado por agentes que revelarem melhor desempenho funcional em suas respectivas Regionais, durante o ano”. A convocação de cada operação, bem como o número de agentes, é definida pela Diretoria Nacional de Fiscalização (DINAF).

O Coordenador de Fiscalização do CRECI-SE, Stwart Costa, frisou que a vinda do GEAF ao Estado colabora ainda mais no combate ao exercício ilegal da profissão e o quão importante é essa troca de experiências. “Fiscalizar o correto exercício da profissão e combater os contraventores é função do CRECI-SE, com o intuito de fortalecer ainda mais à proteção da sociedade. A troca de experiências é muito válida e nos enriquece a cada visita”, destacou.

O Presidente do CRECI-SE, Sérgio Sobral, sempre solicita a presença do grupo, anualmente, para intensificar ainda mais a fiscalização em Sergipe. “O Conselho atua de forma para que os corretores de imóveis trabalhem de acordo com o que determina a lei e sempre fomos muito rigorosos com os falsos profissionais, que além de não serem habilitados, são inescrupulosos com as pessoas. O GEAF, juntamente com nossos fiscais, reforçam o trabalho que já é desenvolvido pela fiscalização do CRECI-SE e, nesta oportunidades, visitaram imobiliárias e estandes de vendas nos municípios do interior”, completou o presidente.