A equipe de Fiscalização do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE) constatou exercício ilegal da profissão nesta primeira semana de fevereiro. A operação se deu em conjunto com o 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM) da região num município do sul do estado, e resultou na interdição de uma empresa que atuava como imobiliária sem o devido registro no Conselho, ou seja, de forma ilegal.

A empresa e seu responsável foram autuados, após um trabalho investigativo conduzido pela coordenadora de Fiscalização Steffane Bizerra e pela agente fiscal Cintia Felipe. Porém, além da autuação, a equipe do Creci Sergipe também fez orientações sobre todos os procedimentos para a devida regularização junto ao Conselho.

“Nossa equipe foi muito bem recebida e contou com a colaboração da Polícia Militar durante toda a operação, representado pelo Sr. Tenente José Joaquim Santana Filho, Comandante da 3ª Cia/6º BPM”, ressaltou Steffane Bizerra, aproveitando a oportunidade para reforçar a importância da denúncia. “As denúncias são fundamentais, pois através delas o setor de Fiscalização trabalha para proteger o mercado imobiliário e a sociedade de pessoas que não têm habilitação legal para atuar na corretagem de imóveis”, frisou a coordenadora…

SOBRE DENÚNCIAS

A denúncia pode ser feita, inclusive de forma anônima, através do telefone (79) 2106-6801, de formulário no portal (www.crecise.gov.br), de e-mail (steffane@crecise.gov.br) e do Whatsapp 79 98105-3378. Pode ser feita também presencialmente na sede do Conselho, direto no setor de Fiscalização.