O setor de Fiscalização do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE) não para. Além de orientar os profissionais para que estes desenvolvam suas atividades com ética e de acordo com a legislação, as agentes fiscais atendem a sociedade em geral que buscam formalizar denúncias. E são essas denúncias que contribuem para que o Conselho consiga realizar um trabalho ainda mais assertivo no combate aos contraventores, por exemplo.

Recentemente, uma denúncia de contravenção em uma cidade do agreste sergipano levou à autuação do exercício ilegal, com as devidas providências sendo tomadas. A audiência judicial já foi designada. “Nossa gestão está focada em adotar o perfil orientativo, pois é do interesse de todos que os profissionais trabalhem respeitando as normas e a sociedade, consequentemente, mas intensificamos também a atuação em cima dos contraventores. Essas pessoas que exercem ilegalmente a profissão ameaçam a categoria, os clientes e o mercado”, frisou o presidente André Cardoso.

Tão importante quanto o trabalho diário do Creci-SE é a participação da sociedade e da classe na construção de um mercado imobiliário seguro, através das denúncias, que podem  ser anônimas. Essas denúncias podem ser feitas por meio dos seguintes canais: pelo e-mail steffane@crecise.gov.br, pelo telefone (79) 2106-6801, pelo whatsapp (79) 98105-3378 ou pelo portal eletrônico do Creci Sergipe (www.crecise.gov.br).