CRECI SERGIPE

“​Mercado imobiliário deve investir ainda mais em tecnologia”, diz Sérgio Sobral

Recentemente, o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE) e diretor secretário do Conselho Federal (Cofeci), Sérgio Sobral, participou do Summit Imobiliário 2019, um dos maiores eventos do setor, realizado pelo Estado de São Paulo em parceria com o Secovi-SP. Grandes debates, palestras e mesas redondas com construtoras, loteadoras, incorporadoras e instituições do segmento fizeram parte da programação. “Ficou muito claro para nós que, para tratar de alternativas de financiamentos, questões de zoneamento e a própria instabilidade econômica brasileira, é necessário que o mercado imobiliário invista em soluções tecnológicas”, frisou Sobral.

Na pauta, novos nichos de negócios e alternativas envolvendo menos desperdício, preocupação ambiental e a internet como aliada dos empreendimentos. Tudo isto, segundo Sérgio Sobral, é uma forma de atrair cada vez mais investidores internacionais. “O mercado está crescendo em vários estados e a tendência é continuar desenvolvendo. No âmbito internacional, as perspectivas são promissoras. Com as reformas econômicas necessárias e a recuperação da confiança dos investidores estrangeiros, o Brasil pode recuperar o fôlego”, pontuou.

O presidente do Creci-SE ressaltou que muitas tendências tecnológicas já fazem parte do cotidiano da construção civil. Muitas foram apresentadas durante o Summit por empresários participantes do evento. “Vimos possibilidades na área de energia solar e pré-moldados, por exemplo. Temos tudo para reerguer a economia. O Nordeste continua a bola da vez por suas características naturais. Essa é a hora de os corretores de imóveis sergipanos investirem mais ainda em aprimoramento profissional para aproveitarem as oportunidades e parcerias”, concluiu.

Creci-SE abre novas vagas para curso de Avaliação de Imóveis

Capacitação será gratuita e online

Em continuidade às atividades de qualificação profissional do exercício 2019, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE), através de seu Programa Pedagógico Inovar, em parceria com o Creci São Paulo, está promovendo, gratuitamente, a primeira edição online do curso de Avaliação Imobiliária aos corretores inscritos neste regional.

Graças à parceria educacional firmada entre o Creci e o Google, o respectivo curso será disponibilizado utilizando a moderna ferramenta digital Google Classroom (Sala de Aula Google) em formato totalmente “online”, necessitando o Corretor de Imóveis, portanto, ter uma conexão à Internet. Outra boa notícia é que o(a) corretor(a) é quem escolhe o horário de estudo. Cada uma das aulas ficará disponível por 48 horas, no sistema Google Classroom, e poderá ser acessada por meio de smartphones, tablets ou computadores, mesmo que seja em lan house.

Ressaltamos que o certificado deste curso, a ser conferido ao seu término, desde que tenham sido preenchidos os requisitos previstos para seu recebimento, permite o cadastramento no CNAI – Cadastro Nacional de Avaliadores de Imóveis, o qual é de competência do COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis.

Para se inscrever, é necessário ser corretor de imóveis inscrito neste regional, estar regular com o Conselho e ter ativo e em funcionamento um e-mail “@creci.org.br“. As inscrições são gratuitas e limitadas, e estarão disponíveis em nosso portal https://crecise.gov.br/. ou diretamente no portal ead.creci.org.br, a partir das 10h da manhã desta próxima segunda-feira (06) até às 23h59 da quinta-feira (09), conforme disponibilidade de vagas.

Sistema Cofeci-Creci lança Agenda Legislativa dos Corretores de Imóveis

Atualmente, transitam no Senado Federal e na Câmara dos Deputados um total de 54 projetos de lei que impactam o mercado imobiliário. Para dar celeridade às decisões parlamentares, o Sistema Cofeci-Creci apresentou, na noite da última quarta-feira (24 de abril), a sétima edição da Agenda Legislativa do Corretor de Imóveis, um compilado desses projetos. O lançamento aconteceu em Brasília, durante um jantar, e reuniu deputados e senadores numa apresentação formal das propostas de interesse dos corretores de imóveis em tramitação no Congresso Nacional.

Representando o Creci Sergipe, estavam o presidente Sérgio Sobral, que é diretor secretário do Cofeci, a diretora administrativa Fátima Sobral (também diretora de Integração do Cofeci), o conselheiro federal André Cardoso e o diretor de assuntos parlamentares Manoel Milstein. “Acompanhar esses projetos que estão em tramitação na Câmara e no Senado Federal é uma forma de atuar em favor da nossa categoria, do mercado imobiliário e da sociedade junto aos poderes constituídos da República. Assim, sensibilizamos os parlamentares e cobramos agilidade no exame desses projetos”, frisou Sobral.

Como o volume de projetos é grande, a Agenda Legislativa ajuda a organizar o material, facilitando a análise e o apoio dos deputados e senadores. “São muitas as propostas que podem, se aprovadas, impulsionar o mercado imobiliário e, consequentemente, a economia brasileira. Entendemos que o governo tem o papel de desenvolver políticas públicas e programas de fomento. Mas a negociação e o diálogo aberto devem prevalecer”, avaliou o presidente do Creci Sergipe.

Confira a Agenda Legislativa na íntegra em nosso portal. Clique aqui.

-

João Teodoro (presidente do Cofeci), Sérgio Sobral, Fátima Sobral e Joice Hasselmann.

-

Manoel Milstein e Sérgio Sobral junto à diretoria do Cofeci

Clube do Corretor: Creci-SE e Chevrolet fecham parceria

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE) firmou mais um convênio em benefício da categoria. Uma parceria com a Chevrolet para o Programa Amigos Chevrolet concede aos corretores de imóveis (e aos seus cônjuges e parentes de primeiro grau) descontos especiais na aquisição de veículos novos. “Nós sabemos o quanto é importante essa questão da mobilidade para o corretor de imóveis, que trabalha diariamente com visitas e resolvendo questões burocráticas em diversos locais. Então esse convênio é uma excelente notícia, sem dúvidas”, frisou o presidente do Creci Sergipe, Sérgio Sobral.

O benefício poderá ser usado em qualquer concessionária Chevrolet do Brasil, mas o corretor de imóveis interessado em usufruir dos descontos deve emitir, antes de fechar o negócio, uma carta bônus na sede do Creci Sergipe. Há vantagens especiais também para as Pessoas Jurídicas (imobiliárias), porém estas recebem o benefício diretamente nas concessionárias Chevrolet, necessitando apenas apresentar, além da documentação exigida pelo concessionário, a certidão de regularidade da empresa com o Conselho.

Os valores da carta bônus variam de acordo com o veículo escolhido de toda a linha Chevrolet. Será disponibilizada uma tabela atualizada mensalmente no portal do Conselho, que contará também com algumas das principais dúvidas esclarecidas. Aqueles profissionais que já quiserem retirar a carta bônus já podem entrar em contato – pessoalmente. Representantes da Concorde Veículos, concessionária que intermediou a parceria, colocaram-se à disposição para consultoria.

Sérgio Sobral representa Nordeste em reunião com Federação Internacional Imobiliária

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE) e diretor secretário do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci), Sérgio Sobral, participou de uma reunião com o Conselho Diretor e o Conselho Consultivo da FIABCI (International Real Estate Federation) Brasil, na última segunda-feira (08). O encontro aconteceu na sede do Secovi São Paulo, e contou com a presença do presidente desta instituição, Basílio Jafet. O Cofeci, representado na ocasião por Sérgio Sobral, participa da Federação juntamente com outras instituições do setor imobiliário (Sinduscon, construtoras, incorporadoras, loteadoras, grandes imobiliárias e entidades representantes dos corretores de imóveis, por exemplo).

fiabci, cofeci e secovi

Sérgio Sobral ao lado do presidente do Secovi e de representantes da Fbiaci

Na ocasião, além da prestação de contas do ano anterior, a FIABCI elegeu sua nova diretoria. Cada região do país teve a oportunidade de fazer uma apresentação à federação, e o Nordeste foi representado por Sérgio Sobral. “Mostrei as potencialidades do Nordeste e as vantagens para os possíveis investidores. Uma das coisas boas é a migração, o Golden Visa, através da qual as pessoas fazer investimentos imobiliários e conseguir residência provisória, seguida da residência definitiva. O Nordeste segue sendo a bola da vez. São vários fatores que tornam nossa região atrativa e eu pude explaná-los ao público presente: mão de obra farta, clima agradável o ano todo, litoral com belezas naturais, subsolo rico em minérios, classe média forte, entre outros”, frisou Sobral.

O diretor secretário do Cofeci destacou que aproveitou a reunião para convidar os membros da FIABCI para o 4º Encontro Global de Corretoras de Imóveis, que será em Aracaju, Sergipe. “Diversos representantes da Federação disseram que estarão presentes e, além disso, divulgarão o Encontro no próximo evento da entidade, um congresso internacional em Moscou, Rússia. A FIABCI congrega mais de 60 países, ou seja, é uma excelente oportunidade de firmar parcerias e angariar investidores que fortalecerão nosso mercado imobiliário e, consequentemente, a economia”, pontuou Sobral.

Creci-SE conta com nova coordenadora de Fiscalização

A Fiscalização do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE), setor de extrema importância para a segurança da categoria e da sociedade em geral, agora conta com nova coordenação. Wanessa Kelly, agente fiscal, assumiu o cargo recentemente e já tem planos para o ano de 2019. Entre as estratégias, intensificar o trabalho no interior sergipano, especialmente nas cidades em que a atividade da corretagem tem crescido.

“Nós atuamos em visita aos diversos municípios nos quais estão com expansão imobiliária, orientando os corretores em relação a vendas, obrigatoriedade do registro de incorporação e apurando denúncias. Essas denúncias, inclusive, são fundamentais para a atuação do setor de Fiscalização, pois através delas é possível a retirada dos contraventores, aquelas pessoas que não têm habilitação legal para atuar na corretagem de imóveis. Vale frisar que denunciar um contraventor – ou mesmo um profissional que não esteja agindo dentro da legislação – é uma forma de contribuir com o fortalecimento do mercado imobiliário”, explica Wanessa.

Wanessa Kelly, coordenadora de Fiscalização

Somente neste mês de fevereiro, foram autuados cinco contraventores – a maioria resultado de denúncias anônimas.  Para Wanessa, os números do setor são fruto de um trabalho conjunto entre o Creci, os corretores e a sociedade em geral. “Nós trabalhamos diariamente na busca do combate à contravenção, que é a maior ameaça à categoria e ao mercado imobiliário. Além disso, o Conselho investe frequentemente em campanhas de valorização da categoria e combate ao exercício ilegal”, destaca a coordenadora.

A denúncia pode ser feita de forma anônima através do telefone (79) 2106-6801, de formulário no site ( https://crecise.gov.br/.), de e-mail (fiscalizacao@crecise.gov.br) ou presencialmente na sede do Conselho. “Quando há esse trabalho conjunto, o Creci alcança seus objetivos como órgão de fiscalização, a sociedade tem mais segurança nos negócios, evitando prejuízos morais e materiais, e o corretor de imóveis, por sua vez, tem um mercado de trabalho mais justo para atuar”, pontua Wanessa.

Sérgio Sobral representa corretores de imóveis em Encontro com a Indústria da Construção

O Sistema Cofeci-Creci (Conselhos Federal e Regionais de Corretores de Imóveis) segue acompanhando de perto todos os trâmites em prol do desenvolvimento do mercado imobiliário e, consequentemente, da economia brasileira. Na manhã desta quarta-feira (13), o diretor secretário Sérgio Sobral representou o Sistema num café com parlamentares do Encontro com a Indústria da Construção, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O evento aconteceu em Brasília, e reuniu instituições do setor, deputados e senadores comprometidos com o futuro do país por meio da geração de emprego. Representando a Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (Aseopp) e o (Sindicato da Indústria da Construção Civil de Sergipe (Sinduscon/SE), esteve presente Carlos Luduvice Júnior.

Na oportunidade, a CBIC lançou uma agenda estratégica com objetivo de gerar 1 milhão de novos empregos, discutindo soluções que visam à desburocratização. “A palavra de ordem é crescimento. E esse crescimento deve ser pensado e conquistado com responsabilidade e segurança jurídica, respeitando os interesses da sociedade. Sabemos que o mercado imobiliário é de fundamental importância para a economia brasileira. Alavancar este segmento gera um grande volume de empregos diretos e indiretos pelos serviços agregados: incorporação imobiliária, corretagem, publicidade, sistema financeiro habitacional etc. Ou seja, aquece a economia em todos os níveis: local, regional e nacional”, destacou Sérgio Sobral, que é também presidente do Creci Sergipe.

CBIC

Sérgio Sobral entre os deputados Fábio Reis e Laércio Oliveira, e o diretor do Sindimóveis/SE, Carlos Luduvice Júnior

Sobral frisou ainda que estar junto aos parlamentares durante essas discussões é extremamente relevante. “São essas pessoas que vão representar nossos anseios e necessidades no Congresso Nacional. Em Sergipe, já contamos com o apoio do deputado federal Laércio Oliveira, que tem se engajado e comprometido com as causas levantadas pelo Sistema Cofeci-Creci. Ele está acompanhando, por exemplo, os projetos de lei compilados na Agenda Legislativa dos Corretores de Imóveis – projetos que têm impacto na categoria e no mercado imobiliário em geral”, pontuou o diretor secretário do Cofeci.

 

Corretores de Imóveis devem declarar Comunicação de Não Ocorrência

O prazo vai até o dia 31 de janeiro de 2019

O setor imobiliário foi incluído pela Lei nº 9.613/98 como setor obrigado a cumprir normas que visam prevenir a lavagem de dinheiro nesse ramo de atividade econômica. E desde que a Lei nº 12.683/2012 alterou a Lei nº 9.613/1998, as pessoas físicas também são obrigadas a cumprir tais normas. Ou seja, além das empresas imobiliárias, os corretores de imóveis devem fazer a chamada “Comunicação de Não Ocorrência” (Declaração Negativa, antigamente conhecida por Declaração de Inocorrência) ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). O prazo vai de 1º a 31 de janeiro, e deixar de comunicar ao COAF, quando obrigado a fazê-lo, é infração legal punível com multa irrecorrível.

Os altos valores envolvidos nas negociações imobiliárias tornam o mercado de imóveis um alvo frequente de operações de lavagem de dinheiro. Além disso, há certa liberdade quanto à fixação de preços nas negociações e a possibilidade de estruturação de operações complexas. É aí que entra a importância das políticas de prevenção para tentar impedir as atividades ilícitas. “O Coaf tem a responsabilidade de receber e cruzar as informações sobre pessoas e operações, a fim de identificar possíveis operações de lavagem, traçar o caminho percorrido por esse dinheiro ‘sujo’ e enviar ao Ministério Público ou à Polícia Federal as informações que tem para que tais órgãos investiguem”, destaca o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE), Sérgio Sobral.

Sobral reforça ainda que é fundamental que todos os corretores de imóveis estejam devidamente cadastrados no Coaf e comuniquem ao referido órgão, no prazo de 24 horas da data da operação, toda e qualquer transação imobiliária ou proposta de caráter suspeito. “No caso de não ter havido qualquer operação suspeita ao longo do ano de 2018, o corretor de imóveis é obrigado a emitir a Comunicação de Não Ocorrência. No site do Creci-SE é possível acessar o link direto do Cofeci para fazer esta declaração. Lá vocês encontram mais informações e orientações, bem como o Guia de Prevenção à Lavagem de Dinheiro para o Setor Imobiliário, elaborado pelo Creci-SP, que esclarece as principais dúvidas em relação à legislação de prevenção e combate a esse tipo de crime organizado”, explica o presidente do Creci-SE.

O prazo para a Comunicação de Não Ocorrência teve início no dia 1º e segue até o dia 31 de janeiro de 2019. Deverá fazer a declaração toda e qualquer pessoa física ou jurídica que não se enquadre na Resolução-COFECI nº 1.336/2014, Seção VI – Das comunicações ao COAF, Art. 8º, incisos I ao XII e Parágrafo Único. Não há despesa no cadastramento dos dados, e nenhum pedido de informação deverá ser dirigido diretamente ao COAF, somente ao COFECI ( https://crecise.gov.br/.). Vale frisar que após o dia 31 de janeiro, o profissional que não fizer a Comunicação de Não Ocorrência estará sujeito à multa.

Para o portal: Clique aqui para saber mais e fazer sua Comunicação de Não Ocorrência.

 

Sérgio Sobral conquista apoio parlamentar às causas do Cofeci

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe (Creci-SE), Sérgio Sobral, e o vice-presidente Fausto Sobral, estiveram reunidos com o deputado federal Laércio Oliveira, que é também presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac de Sergipe. O encontro aconteceu na sede da Federação e teve em sua pauta assuntos relacionados ao mercado imobiliário e às atividades desenvolvidas pelo Sistema Cofeci-Creci, do qual Sérgio Sobral é diretor-secretário, em prol dos corretores de imóveis.

“Uma das principais mudanças que precisamos fazer é a reestruturação da da Lei 6.530/78, que regulamenta a profissão de corretor de imóveis. É muito importante adaptá-la às atuais necessidades do nosso setor e da própria sociedade. São mudanças em diversos âmbitos: honorários, teste de proficiência, prazo mínimo de cursos de formação, nível superior como requisito para ser corretor, entre outros pontos que fortalecerão a classe e o mercado. Em nome do Creci Sergipe e do Cofeci, nós solicitamos o apoio do deputado neste sentido: representar essas e outras reivindicações da categoria no Congresso”, explicou Sérgio Sobral.

Atualmente, o mercado imobiliário conta com uma Agenda Parlamentar dos Corretores de Imóveis, lançada pelo Cofeci. Trata-se de um compilado de dezenas de projetos que tramitam no Congresso Nacional e que podem influenciar no desempenho do setor imobiliário brasileiro. Láercio Oliveira já esteve presente no lançamento de uma dessas edições da agenda, oportunidade na qual participaram deputados e senadores que compõem a Frente Parlamentar Mista do Mercado Imobiliário. Segundo Sérgio Sobral, o parlamentar se prontificou a apoiar as ações do Creci Sergipe e do Cofeci em benefício dos corretores de imóveis.

“Não só acompanhando o andamento dos projetos que constam na agenda, mas também entrando com novas propostas que venham a fortalecer este setor que, como bem sabemos, é a base da economia”, ressaltou o presidente do Creci-SE. O Sistema Cofeci-Creci tem um histórico de construção de parcerias que visam ao crescimento do mercado imobiliário. E o apoio declarado por Laércio Oliveira deve render resultados positivos a curto prazo. “Uma ideia do próprio deputado é a implantação de uma câmara imobiliária para o fortalecimento do mercado imobiliário”, pontuou Sobral.

Laércio destacou que é necessário atender as demandas dos corretores de imóveis, para que possam exercer com maior liberdade sua atividade profissional. O deputado valorizou a atuação dos corretores e destacou que eles são essenciais para a fluidez do mercado imobiliário. “Os corretores de imóveis são uma das categorias profissionais mais importantes da economia brasileira. As vidas das pessoas têm a influência direta dos corretores e poder promover as adequações necessárias na lei para que o exercício da atividade profissional seja melhor ambientado é fundamental. Ouvi as demandas do presidente Sérgio e vou focar mais nesses assuntos demandados para promover o melhor para a classe”, afirmou Laércio Oliveira.

1 2 3 4 18